terça-feira, 27 de setembro de 2011

O grande culpado de tudo...


Hoje foi um dia muito feliz para mim... 
Fui ao médico! 
Vocês podem não estar entendendo. O que "ir ao médico" pode trazer de alegria? Nós só vamos ao médico quando estamos doentes, e isso não é um bom sinal... 
A verdade é que falta uma semana para eu completar um ano de celíaca e voltei ao consultório do Dr. José Secundino para conversar com ele sobre a possibilidade de fazer uma nova endoscopia com biópsia - para ver se o intestino delgado está regenerado - entre outros exames, para revê-lo e para dar-lhe o nosso livro, Vida sem Glúten. Se o mundo tivesse mais alguns médicos como o Dr. Secundino, não haveria tantas mortes e sofrimento por aí. Desde que cheguei em seu consultório desesperada no ano passado, ele me tratou com atenção, me examinou inteira e me ouviu pelo tempo que eu quis falar. Como ele me disse hoje, o paciente conta a história da doença, e ouvi-lo é imprescindível para o diagnóstico. E isso ele faz muito bem. 
Quando eu entrei no consultório ele me olhou sem lembrar exatamente quem eu era, porque eu estou muito diferente de quando cheguei lá na época da crise, desnutrida, pálida, inchada e loura (até a cor do cabelo a DC me fez mudar). Como ele dizia, eu cheguei "com o pé na cova"! Depois disse que eu parecia uma menina que ele diagnosticou com DC. Era eu mesma!
Ele concordou que hoje eu sou outra pessoa. E sou uma pessoa mais feliz e saudável, e ele é um dos maiores culpados por isso. Ele continua o mesmo, simpático, gentil, bem humorado, que olha para o paciente como uma pessoa igual a ele. Uma coisa que me deixa triste é médico que te olha por cima, como se tivesse te fazendo o favor de te atender, alguém menos importante que ele... Isso não pode existir! Essa descrição não serve pro Dr. Secundino, saía de lá depois de reclamar bastante das minhas dores e de ele me ouvir mais uma vez, até ter todos os exames para fechar o diagnóstico. Quando fechamos o diagnóstico, ele me mandou ir ser feliz, e eu fiz isso. Tenho um amigo muito querido, Edson Pureza, que depois de me ouvir falar minutos seguidos sobre os problemas dos celíacos e de como eu encaro a DC, ele soltou: "_É, de um limão você fez uma limonada..."  O Dr. Secundino completou: "_Uma limonada bem doce..."
Só tenho a agradecê-lo por ser esse ser humano tão especial, por ter se tornado um amigo, por sempre ter me recebido em seu consultório com bom humor, com um sorriso no rosto e por ter dado atenção as minhas dores e meus sintomas, porque eles não estavam ali em vão, eles tinham uma causa. E ele investigou e descobriu a causa, diferente de outros. A Marluce ou Malu deixou de ser a fresca e anêmica que não gosta de comer nada e "passou a ser" celíaca, e se não fosse ele, eu ia morrer desnutrida e anêmica, levando ainda a culpa pela minha morte.
Mas, isso já passou, e hoje, eu sou mais uma formiguinha que luta pela causa dos celíacos, e faço o que posso dentro de minhas limitações para ajudar a termos uma vida com mais qualidade.
Bem, e o grande culpado por eu estar vivendo saudável, adorou o livro, adorou a minha visita, adorou saber que eu estou engajada na causa dos celíacos, comeu meu biscoitinho sem glúten (heheh!), conversou bastante comigo, disse querer participar dos nossos encontros e me deixou muito feliz.
Voltarei para fazer nova endoscopia e espero que as vilosidades do meu intestino delgado estejam recuperadas, porque, aparentemente, eu estou 100%.
E antes que eu chegasse em casa para fazer este post, ele já entrou no blog e fez um comentário na postagem do nosso livro, que eu transcrevo aqui embaixo:
"Malu, como prometi, visito seu site. É um lugar de esperança e fé. Fiquei muito feliz em vê-la hoje, faz valer a pena... Saúde a você e a todos que compartilham dessa pequena diferença. Emocionado, seu amigo, José Secundino"


 Obrigada Dr. Secundino!

12 comentários:

  1. Parabéns pela postagem e pela luta pela qualidade de vida!
    Que Deus abençoe no tratamento, viu?!
    Um bejim grande!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada!!!

    Fico feliz com sua visita!

    BjO!

    ResponderExcluir
  3. Dr.Secundino é O cara! Já falei isso pra ele. Assino embaixo de tudo que a Malu falou, afinal, ele tb é MEU médico!

    Quem dera tivéssemos um Dr.Secundino em cada consultório! É O melhor!

    ResponderExcluir
  4. Malu, adorei seu blog!!! Estou seguindo! É um conhecer pessoas como vc!

    ResponderExcluir
  5. Malu, outra coisa, adorei sua visita ao médico, me inspirou a procurar a minha Doutora. Nunca mais retornei em 2 anos, talvez por me sentir muito bem desde que ingressei na dieta. Mas penso que devo fazê-la, como você disse não devemos retornar somente quando da doença, mas também para abraçar e de certa retribuir a importância destes profissionais para com nossas vidas! Profissionais dedicados são os verdadeiros amigos da sociedade! Quanto suas idéias será um prazer, estou em Ribeirão Preto temporariamente, em novembro estarei no Rio e será um prazer dar um pulo na sua Paracambi. Enquanto isto seguimos aqui, pode me mandar msgs aqui, no face, ou no email luizfernandowalther@hotmail.com, será um prazer ajudá-la.

    ResponderExcluir
  6. Malu, parabéns pela luta, pelo engajamento e pelo médico dedicado....

    vim aqui pq acabei de ver um receita sem glúten, e na hora lembro de vc, não tem jeito:

    Sexta é dia de pizza SEM GLÚTEN: 1 pacote de mistura pronta de pão de queijo, 100 ml de água, 2 ovos. Leve para pré-assar (200°), por 15 minutos. Em seguida, cubra com queijo minas light picadinho, alho-poró, palmito em lasca (a gosto), azeitonas picadinhas, cebola e tomate fatiados. Orégano ou manjericão a gosto. Volte ao forno mais 5 minutos e ...hummmmm! Pizza se degusta, não é para saciar a fome! rs

    peguei no perfil dessa nutricionista no facebook:
    http://www.facebook.com/profile.php?id=100001429572578

    beijosssssssss

    ResponderExcluir
  7. onde atende o Dr. José Secundino ?
    grata
    Neinha

    ResponderExcluir
  8. Oi Malu, adorei o post. beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Malu, que lindo...
    Tá agora conta o que ele achou do livro! fiquei curiosa!
    Ah! seu cabelo mudou mesmo... os nívis de ferro devem ter melhorados!
    beijos
    sua amiga querida Flavia

    ResponderExcluir
  10. Malu que coisa Liinda!!!
    Seu relato esta contagiante,e seu médico me deixou encantada, existem Pessoas Iluminadas, graças a Deus!!!digo isso de boca cheia, pois minha filha tbém teve a mesma sorte, encontrou uma ótima profissional, q se preocupa com o ser humano, isso não tem preço!!!
    Concordo com Todos, sua Limonada esta Doce!!! rsrs
    Bjssssssss

    Rejane Reis

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pela visita,meninas!!

    Neinha, o Dr. Secundino atende às terças, na Casa de Saúde Nossa Srª Aparecida em Paracambi-RJ, tel: (21) 2683-9221 ou 9200. Em Barra do Piraí-RJ, na Santa Casa (Casa de Caridade Santa Rita), tel: (24) 2442-3101 ou (24) 2443-2190. Se vc for do Rio dá pra se consultar com ele!

    Leila, obrigada, seu blog tb é ótimo, estou sempre lá!

    Flavia, ele amou! Ficou emocionado! Disse que ainda existe gente inteligente no mundo... Hehehe!

    Rejane, que ótimo, ela tb teve sorte! Ele é mt especial!

    BjOs!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!